De tudo um pouco: Comidinhas - coisas que nos dão água na boca!

8 de novembro de 2016


Minha relação com comida é um caso de amor com certeza, mas não aquela coisa de fome desesperada, um amor de prazer de fazer um alimento, dando aquela atenção a qualidade do que está indo ali, da procedência de cada coisa, do cuidado ao dosar os ingredientes, pra se manter uma harmonia na combinação dos sabores.

Na minha casa quando eu tinha ainda meus pais, a cozinha sempre foi da minha mãe, mas a cozinha de datas especais, de comidas não triviais, das sobremesas era minha, hoje em dia tudo é responsabilidade minha mas nada de arroz sem graça, macarrão com molho pronto... 

Eu sempre gostei de acompanhar receitas, colecionava rótulos, pedia por carta, porque não tinha internet ainda, as receitas que as embalagens como a Nestlé tinham, e eu recebia em casa muitas revistinhas e livros com receitas e também tinha , e tenho ainda o meu caderno. Como mudei essas coisas não estão comigo agora mas depois atualizo aqui com as imagens.

Hoje em dia eu pego muitas receitas em blogs e mais recentemente nos canais do Youtube de culinárias, adoro testar receitas, adoro colocar meu jeito e adaptá-las porque claro nem sempre dá pra fazer igual, marcas, medidas, acompanhamentos, acho que a experiência sempre dá uma segurança de você mudar e dar certo e se algo dá errado a gente sabe o que foi e tem oportunidade de refazer da maneira certa.

Também adoro comprar utensílios fofos de cozinha e aproveito sempre que faço coisa nova posto no Instagran. Não sou muito de fotografar alimentos quando estou comendo fora, com vergonha mesmo, mas em casa adoro criar um cenário e fotografar.

Quero começar a mostrar aqui no blog algumas dessas minha aventuras testando receitas, enquanto a postagem não vem, deixo algumas fotos. 





Depois das fotos corre lá no blog das meninas pra ver o que elas aprontaram com esse tema, garanto que tem coisa muito boa.

- Patrícia Barbosa
- Tania Martyns

Beijos.



De tudo um pouco: Fotografia - o que nos inspira

18 de outubro de 2016


Oi gente, nessa segunda postagem do projeto o assunto é que nos inspira na fotografia.

Desde criança eu gosto de fotografia, na adolescência então isso foi muito forte em mim, e olha que era o tempo do filme, de escolher entre 12, 24 ou 36 poses num filme, o de 36 valia mais a pena mas se a gente não usava todas as poses ficava aquela ansiedade pra terminar e revelar as fotos, e em alguns casos a decepção de quando revelar não ter nada pra ver porque você colocou o filme errado, ou entrou luz e queimou tudo... mas isso é assunto pra outro dia.

Bem, então parando pra pensar o que inspira minha fotografia,TUDO, a vontade de REGISTRAR e GUARDAR um pouco de um momento especial, para RELEMBRAR sempre que a memória falhar, a vontade de ter aquilo pra COMPARTILHAR com os outros.







A natureza e o mundo ao nosso redo rcom suas FORMAS, CORES e TEXTURAS, por onde passo sempre penso como seria bom ter uma câmera nas mãos, pra registrar pequenos detalhes que observo, uma luz diferente, uma nuvem com uma forma engraçada, a cor do céu no final de uma tarde, a textura de uma árvore antiga, as formas de uma fruta ou folhas, a estampa de um piso...





 PESSOAS e seus gestos, movimentos, diferenças, adoro sentar em um local pra tomar um café ou um sorvete e me perder no tempo observando as pessoas, não por crítica, mas pelo prazer de saber como somos únicos.





Poderia ficar horas escrevendo ou conversando de fotografia, mas numa postagem não dá pra fazer isso então. Ficamos por aqui com o registro de um pouco do meu amor eterno pela fotografia.

E você, o que te inspira?

Pra saber o que as amigas do grupo também pensam sobre o assunto é só clicar no link abaixo que leva ao blog de cada uma.

- Patrícia Barbosa
- Tania Martyns

Beijos.


Arquivado em

De Tudo um Pouco: Livros e Leituras - na nossa estante.

27 de setembro de 2016



Começando hoje mais um projetinho pra animar e movimentar o blog, e fazer postagem coletiva é bem mais legal porque você troca ideias, visita as amigas e vê como cada uma tem sua visão de um tema específico.

De tudo um pouco foi o nome escolhido pra essa nova aventura, de 3 blogueiras de 3 diferentes regiões do país: eu  do  Nordeste, Patricia Di Lorenzi Barbosa, minha amiga de outros projetos e aventuras e de longa data do Sudeste e a Tania Martyns  do Sul, com diferentes olhares sobre diversos temas, mas sempre com o mesmo foco: as coisas leves, lindas e legais da vida! De tempos em tempos teremos um mesmo tema com 3 perspectivas, acompanhe a nossa jornada e divirta-se conosco.

E o tema escolhido pra essa primeira postagem foi: Livros e leitura - na nossa estante. E a ideia é mostrar nossa estante ou onde colocamos nosso livros e mostrar a leitura atual. 

Essa é minha estante, por questões de espaço não tenho uma maior, mas gostaria muito assim colocaria todos os livros de uma forma que eles ficassem mais visíveis, aqui preciso fazer pilhas na frente e atrás em alguns casos. Nela estão meus livros queridos, aqueles que li, e quero ler sempre que der vontade, outros que não li ainda mas pretendo fazer, na mudança separei alguns que sei que nunca vou ler pra doação. Fora esses tenho em outro lugar alguns de estudo, de fotografia e culinária.




Aqui mais detalhes de cada prateleira: clica na foto pra ver maior.










A última prateleira fica perto do chão e pra não pegar tanta poeira não coloco livros, mas tem caixa e balde com marcadores de livro.



Detalhes : 





 


Os livros do momento: A Biblioteca à noite do Alberto Manguel esse fica em casa e como ando bem ocupada, dou uma lida só antes de dormir. E o mais novo do Neil Gaiman que comprei Alerta de Risco que é de contos, está na bolsa que leio quando saio porque prefiro livro com histórias curtas pra ler na rua.



Dá pra visitar as meninas e ver as postagens delas clicando no nome de cada uma lá em cima.

Até mais !


Séries que andei vendo

23 de setembro de 2016

Eu, como a grande parte das pessoas hoje em dia acompanha alguma série, pelo menos as que me relaciono tem as suas favoritas, eu já assisti mais, e já fui mais viciada, como o tempo ou melhor, a falta dele a gente vai diminuindo, eu pelo menos que sou super ansiosa e não gosto de esperar demais pra ver um episódio então já assisto quando tem a série toda já disponível on line ou pelo menos alguns episódios. Algumas que mais gostei acabaram, muitas delas estão atrasadas porque não estou no clima, mas sempre volto, entre elas Criminal Minds, Bones, Grimm, Once Upon a time, Hawaii 5.0 e Dr Who. Em dia acho que só mesmo Sherlock, The Librarians, Ripper Street...  Pelos temas podem ver que sou bem eclética, tudo depende muito do meu momento, as vezes quero mais um besteirol pra relaxar. Mas as séries com investigação são minha preferidas.

Mas vim mostrar as que assisti mais recentemente, e nos próximos posts quero ir mostrando as que vi no mês. Não vou fazer resenha porque tem muita gente boa já fazendo isso, e porque não sei mesmo, adoro conversar mas sempre vai ter spoiler, então vou só mostrar mesmo.

The Glades - tem na Netflix as 4 temporadas e é uma série muito legal pra quem gosta de um policial mais leve, tem investigação, amor, humor, mas infelizmente ela foi cancelada com um final que deixa muitas dúvidas abertas. Eu não me revoltei mais porque  antes de assistir já pesquisei e sabia que ia ser assim. Mas gostei tanto que valeu mesmo assistir.



Criminal Minds - Beyond Borders - essa versão foca na divisão do FBI que ajuda cidadãos americanos que estão em perigo fora do país. Assisti pelo elenco, pra matar a saudade do ator Gary Sinise - que foi do CSI NY - da Alana que acho belíssima e tinha visto mais recente em Forever que não renovou e Daniel Henney que é lindo maravilhoso - os outros eu não conhecia. No início fiquei um pouco com pé atrás, mas depois engrenou. E que bom foi renovada. Essa eu assisti pela internet mesmo, procurando por aí.

Marcella- Netflix -  nas minhas buscas pelo Netflix resolvi assistir, mas não gostei, achei sem graça, cansativa, tive raiva da protagonista, adiantei algumas partes pra ver o final e achei que ficou muita coisa aberta, já li que foi renovada e pretendo ver pelo menos pra saber o por quê de algumas coisas.



Em seguida assisti River - Netflix e ainda não sei se gostei ou não, é bem diferente do que gosto normalmente, mas assisti tudo sem conseguir parar. Ela é bem fechadinha a história. Não achei informações se terá mais alguma temporada.



Stranger Things - foi aquela ame ou odeie, demorei um pouco pra assistir com medo de me decepcionar porque havia uma grande expectativa, eu gostei, assisti várias vezes já as partes que mais gosto, e é aquela série que não tem nada de grandioso, nada de novidade, nem efeitos bons, mas é legal, da época da história eu teria a mesma idade que essas crianças, e acho que foi mais a nostalgia mesmo que me prendeu.



Eu amo filmes, livros de aventuras, vivo em busca deles, séries são poucas e tem dias que estou com essa sede de ver algo e recentemente achei essa As crônicas de Shannara, e descobri que é adaptação de livros e fiquei naquela de pensar como não conhecia isso? Eu assisti pela internet, catando por aí, um episódio aqui outro ali. Um resuminho dela que tirei do site Minha Série:" A narrativa mistura mágica com tecnologia primitiva e conta a história da Terra em um futuro distópico, no qual um holocausto nuclear e químico fez com que a civilização retornasse a uma espécie de época medieval. No livro, acompanhamos a história da família Shannara, cujos descendentes são detentores de mágica ancestral." E que bom foi renovada.



Blindspot - Netflix - Assisti também naquelas horas que não tem nada pra ver, e gostei, apesar de ver algumas críticas negativas, não é uma perfeição mas sem exigir muito dela, vale a pena. Foi renovada.


 E a que terminei mais recente foi Touch - Netflix, a série é de 2012, tem duas temporadas e foi cancelada. Assisti por conta do Kiefer Sutherland no início. Gostei muito da primeira temporada, achei a segunda muito arrastada, ela terminou fechadinha, tipo daria pra ter mais se quisessem continuar, acho que a temática dela seria uma história daquelas muito longas e por isso não foi adiante, meio que se perderam na segunda que foi chata, mas assistível. Gostei apesar de tudo.


O mês não  terminou e talvez eu comece algo novo, esperando algumas temporadas novas de algumas que já sigo. Comento mês que vem se assisti alguma nova.

E vocês estão assistindo o quê? O que indicam? Já viram alguma dessas?




Decoração - Inspiração entrada de casa

21 de setembro de 2016

Resolvi compartilhar aqui, de vez em quando, algumas imagens que estão na minha pasta Casa no Pinterest, eu adoro o Pinterest, e amo decoração, lá tenho várias pastas com vários temas, a pasta casa é a que tem mais seguidores, e tem bastante coisa, umas mais antigas que talvez nem sejam mais meu ideal de decoração mas não deletei porque podem inspirar outras pessoas e até a mim mesmo mais adiante porque a gente muda não é?

Então, quando me mudei esse ano resolvi aderir a um costume oriental de não entrar com os sapatos da rua em casa, eu e a filha assistimos muita série oriental, e vemos muito isso nas casas coreanas e japonesas, e acho que o costume é válido demais, quando você para pra pensar em tudo que você pisa por aí e depois pisa no seu tapete, aquele que você gosta de espalhar as almofadas e sentar ou deitar, já pensou? Nem gosto de imaginar. Sem falar que sua casinha que deu trabalho pra limpar vai ficar com um pouco de tudo que você pisou na rua... :(


Mas o bicho pega quando outras pessoas entram na sua casa, pedir ou não pra que elas tirem o sapato, acho que é meio constrangedor, algumas que tenho mais intimidade eu peço mesmo. Mas outras acho bem chato. Minha ideia é ir acostumando as pessoas a isso. Mas nem todo mundo gosta de ficar descalço eu mesma não gosto sempre, então o que fazer? Quero colocar em breve uma cestinha com chinelos e pantufas pra que as pessoas possam calçar ao chegar, assim como vejo nas casas orientais.

As imagens que vou mostrar hoje são inspirações pra essa ideia, pra usar na entrada de casa. As imagens estão no Pinterest e nem todas eu consegui o link da origem, mas as que tinham estão na foto.


Cesta com pantufas ou chinelos:


Caixote com pantufas ou chinelos:



Uma imagem mais completa de um móvel com algumas coisas úteis na entrada, e nem precisa ter tanto espaço ou glamour, é mais inspiração mesmo,  um pequeno móvel com uma plantinha, com alguma coisa pra apoiar as chaves, as correspondências e esconde um pouco a cesta com os chinelos embaixo.


Essa foi feita com pés de máquina de costura, eu tenho uma estou pensando muito em usar.


Aqui uma sapateira bem arrumadinha, tem até o assento pra ajudar na troca dos sapatos, ótimo pra quem tem um bom espaço. Mas acho que com um banco e algo embaixo como cesta ou caixas já ficaria legal também. 


Eu ainda estou resolvendo como vai ser, aproveitando uma ideia aqui outra ali pra adaptar ao espaço que tenho que é pequeno.

E você, o que acha dessa ideia de tirar os sapatos na entrada de casa? 



Eu corto, leio, fotografo faço planos ,escrevo, colo, costuro, coleciono, cozinho, separo o lixo reciclável, eu rezo, eu assisto, eu sonho, eu choro, eu amo...

angelcirne@yahoo.com.br

Instagram

Arquivo do blog

Lojinha